A Era do Design

Esse Carnaval eu tirei pra ver filmes, documentários e ler coisas que eu nunca tenho tempo de ler. Dá pra ver que eu sou super carnavalesca, né? hehe

Eu assisti os 5 episódios do programa Genius of Design da BBC (2010). É quase uma aula de história do design e muito bem feito. Me interessei por tanta gente, que tive que anotar pra pesquisar depois. Lá pelas tantas, o filho do dono de uma fábrica de brinquedos na Inglaterra (chamava-se Tri-ang) que depois acabou produzindo armas para a Segunda Guerra, disse isso: “To make good things you have to develop things down to a degree of simplicity and that takes a great deal of know how. You have to understand how things are made, what a tool or a machine can do.”

Essa frase resume perfeitamente o que eu penso sobre ser um bom arquiteto. Acredito muito que o profissional precisa ter pleno conhecimento dos processos, dos materiais e das ferramentas. Espero que a faculdade de Arquitetura nos ensine isso. Bom, se não ensinar, sempre tem o bom e velho “correr atrás da informação”.

Achei no Youtube um pequeno pedaço do episódio 4, que por sinal, achei um dos melhores. É sobre a revolução que o plástico provocou no design.

Depois, resolvi ver o Objectified, que eu citei em um post anterior. O filme é de 2009 e me pareceu que os episódios da BBC eram um Objectified mais completo. Até porque entrevistaram quase que as mesmas pessoas. De qualquer forma, vale a pena ver o filme porque também é muito bem feito.

Fiquei pensando muito que estamos mesmo na Era do Design. Em um dos episódios da BBC, o Jonathan Glacey (que inclusive escreveu um livro que eu tenho, A História da Arquitetura) diz que hoje em dia, tem gente que prefere ter uma cafeteira assinada por um designer famoso do que ter um quadro de um pintor renomado. E é muito verdade isso. Tanto que quando eu terminei de ver, me deu vontade de ter tudo que o Dieter Rams fez! Rola até um boato que a Apple chupou um projeto dele pra fazer o iPod.

Uma observação que eu considero importante: hoje, a palavra “design” está tão banalizada que a maioria das pessoas a associa à forma de um produto. Mas design é 50% estética e 50% funcionalidade! Os designers que eu acho mais geniais são aqueles que solucionam um problema, muito mais do que fazem algo ficar mais bonito. Um ótimo exemplo é essa jarra aí embaixo. Geralmente, a gente tem que levantar as jarras ou se abaixar enquanto elas estão numa mesa pra conseguir ver o medidor. E essa aí da Oxo soluciona o problema fazendo com que possamos ver de cima! Simples e genial, não?

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s