Sobre o 1º dia do CHIS 2010

Bom, gente, aqui vai um brevíssimo relato do primeiro dia do evento.

Nos posts anteriores, ignorei totalmente a Secretária Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Inês da Silva Magalhães. Sua palestra de abertura (que eu perdi o começo) destacou diversos programas do governo, entre eles, o Programa Minha Casa Minha Vida que tem como objetivo estimular a construção de 1 milhão de moradias novas para famílias com renda de até 10 salários mínimos.

Depois foi a vez de John Motloch que despejou muita  informação e fez um ppt com tanta coisa que nem dava tempo de ler! Foi a palestra que eu mais gostei. Se eu pudesse resumir a palestra em apenas uma palavra, ela seria: regenerativo. Vou me aprofundar no assunto pra poder escrever mais sobre isso depois.

Em seguida veio Miguel Aloysio Sattler que falou basicamente do projeto da Casa Alvorada que está relatado num livro disponível para download gratuito aqui.

Peter Kellett, que além de arquiteto é antropólogo, mostrou uma pesquisa etnográfica feita na Tailândia, Colômbia, África e Índia com pessoas que têm microempresas dentro de suas casas (as chamadas Home Based Enterprises).

E por fim, Giorgio Garau (que palestrou sozinho, sem a Giuliana Mazzi) focou no uso do verde e da água em projetos sustentáveis e ainda abordou a importância de se preservar características históricas da cidade. Não assisti até o fim, mas, ele não pareceu apresentar nenhuma novidade…

Amanhã tem mais maratona! 🙂

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s